segunda-feira, 23 de novembro de 2009

Palestra com a Escritora ISABEL LOPES


NO PRÓXIMO DIA 28 DE NOVEMBRO PELAS 16h00, o Clube do Ser tem o prazer de receber novamente a escritora Isabel Lopes, para uma palestra com o tema:
Saint Germain e o poder da CHAMA VIOLETA
SERÁ POSSÍVEL LIMPAR O KARMA NEGATIVO DOS ERROS DO PASSADO E CRIAR UM MELHOR KARMA PARA O FUTURO?
Contribuição: 15 Euros
Informações e inscrições:
Contacto: 964 599 961

CURA DA CRIANÇA INTERIOR


WORKSHOP VIVENCIAL

CURA DA CRIANÇA INTERIOR

A criança interior é o ser inocente, espontâneo, criativo, imaginativo, confiante e divertido que existe em cada um de nós.

Ao crescer, muitos de nós ouvimos por parte da família, da escola e da sociedade que precisamos de nos "encaixar" dentro dos padrões estabelecidos, e com essa árdua tarefa de reprimir algo que é natural, surge um "deixar de acreditar" no potencial escondido no fundo de si mesmo, e por último, na magia da Vida.

O trabalho vivencial com a criança interior é um trabalho de redescoberta e de redespertar para a fonte de alegria, energia e vitalidade que existe dentro de cada um, desde o momento do primeiro sopro.

Sendo predominantemente prático, os exercícios utilizados são baseados nas seguintes correntes e autores:
Psicologia Transpessoal e Psicologia Positiva, Arte-Terapia, Técnicas Xamânicas de Cura, Osho, Deepak Chopra e Louise Hay.

Temas abordados:
- Criança Interior, Origens e Raízes, Auto-estima e Auto-imagem, Poder Pessoal, Relacionamentos
- Perdão, Cura e Libertação Emocional
- Reprogramação Positiva e Criatividade
- Regressão e Progressão

Próximas datas:

29 de Novembro de 2009

24 de Janeiro de 2010

Horário: 10h -19h

Trazer roupa confortável

Reserve o seu lugar através de:

Contacto: 964 599 961

geral.cs@clubedoser.com.pt

segunda-feira, 2 de novembro de 2009

CÍRCULO XAMÂNICO

DATA:
05 e 19 de Novembro

HORÁRIO:
Das 21h00-23h00

CONTRIBUIÇÃO:
9 Euros

Inscrições:
Clube do Ser
964 599 961
geral.cs@clubedoser.com.pt

António Paiva
936 170 898
antompaiva@gmail.com

(Esta actividade é quinzenal. As datas podem sofrer alterações)

LEITURA DA AURA - NíVEL I


WORKSHOP LEITURA DA AURA
Data:
7 de Novembro
Horário:
Das 10h00-18h00
Orientado:
Susana Belo - Psicóloga
Contribuição: 72.50 euros (inclui workshop, almoço e coffee breaks)
Informações e inscrições: 964 599 961 - geral.cs@clubedoser.com.pt

VIVÊNCIA XAMÂNICA

Data:
Domingo 8 de Novembro
Horário:
10h00-18h00
Material a trazer:
Roupa confortável, meias grossas, bloco de apontamentos e caneta
Inscrições:
Clube do Ser 964 599 961 - geral.cs@clubedoser.com.pt
Contribuição:
Workshop - 40 euros
Almoço - 12 euros (opcional)
Orientado: António Paiva - antompaiva@gmail.com

segunda-feira, 26 de outubro de 2009

PROJECTO LUZ VERDE- Actividades para crianças



CONVITE


ACTIVIDADES PARA CRIANÇAS DOS 5 AOS 12 ANOS

31 de Outubro das 10h às 13h
Entrada livre


O Ser Júnior convida-te para passares uma manhã divertida no jardim do Clube do Ser!
O dia vai começar com uma aula de Kung Fu, onde teremos a oportunidade de expressar-nos através de movimentos marciais. O movimento tornar-se-á mais interior e completamente livre à medida que avançarmos para a meditação através da dança e da música, conectando-nos connosco mesmos. O contacto sensorial será explorado através das nossas mãos quando fizermos uma simples partilha de massagens. Através de jogos de expressão dramática e improvisação vamos explorar quem somos (e quem não somos) através de mundos imaginários. Por fim iremos expressar-nos criativamente e descobrir o nosso valor individual no contexto colectivo criando uma pintura colectiva numa folha de papel de cenário.
Será uma manhã em cheio!

Inscrições: geral.cs@clubedoser.com.pt


Contacto: 964.599.961

terça-feira, 21 de julho de 2009

DESINTOXICAÇÃO - Uma proposta para o verão - Parte I


Todos nós atravessamos períodos de maior ou menor stress físico, emocional ou mental, em que automaticamente recorremos a práticas e a hábitos enraizados, que têm como objectivo satisfazer uma necessidade interior de paz, equilíbrio e amor, e que são nocivos ao nosso organismo. Estes automatismos servem uma satisfação imediata, mas pouco persistente no tempo, e que em breve regressa em forma de uma nova necessidade, com mais força. É um ciclo vicioso de intoxicação, que simplesmente o anestesia e o impede de “sentir”.


A IMPORTÂNCIA DA DESINTOXICAÇÃO


Todas as formas de intoxicação representam técnicas de atraso ao nosso desenvolvimento e equilíbrio pessoal. Ao intoxicar os vários níveis do seu ser, está a colocar nele camadas de densidade que precisará de remover, mais cedo ou mais tarde, para poder prosseguir o seu caminho com alegria, saúde e abundância.
Todas as doenças e “acidentes” ganham primeiro forma ao nível astral, antes de atingirem o nosso corpo físico. Se pretende equilibrar-se a todos os níveis, é um contra-senso “poluir” por um lado, aquilo que procura “limpar” pelo outro. A escolha é inteiramente sua, pois o livre-arbítrio é o seu direito por nascença, mas seja honesto consigo mesmo e avalie se realmente se tem tratado como merece, ou se, à medida que realiza o seu trabalho de desenvolvimento pessoal, continua a repetir padrões e a utilizar estratégias de atraso.
Estas estratégias são mecanismos de defesa do ego. Tenha a consciência de que existe uma parte em si que não quer perder o controlo, entregar-se e largar tudo aquilo que conhece como certo, para arriscar numa aventura para a qual não existe um percurso rigidamente definido e para a qual “não se conhece o final”.
Tudo bem, não se martirize. O seu ego existe e está de boa saúde. Mas existe uma grande diferença entre conhecer e comandar o ego e em ser comandado por ele.



PROPOSTAS DE DESINTOXICAÇÃO


Ao nível FÍSICO


1) Faça exercício. As caminhadas na natureza são particularmente eficazes durante os períodos de desintoxicação.
2) Beba muita água. Ajuda a eliminar as toxinas do corpo e promove as trocas entre as células. O seu cérebro e o seu coração agradecem.
3) Coma frutos e legumes em maior quantidade e reduza ou retire totalmente da sua alimentação por uns dias a carne e o peixe, o café e os refrigerantes.
4) Durma bastante, recupere o sono perdido. Não pense no que ainda tem por fazer. Permita-se ter o descanso que merece.
5) Faça jejum, por cinco dias. Gradualmente, reduza os alimentos acima referidos, durante dois dias. No terceiro dia, alimente-se apenas de frutas e legumes, sopas e sumos nutritivos. Nos dois dias seguintes, integre gradualmente na sua alimentação os restantes sólidos.
6) Não se apresse em tratar os sintomas com medicamentos. Procure as alternativas naturais, páre e reflita. Liberte-se de todo o ressentimento, dúvida e medo. Vai ver que começa a adoecer muito menos e que, quando isso acontece, recupera mais rapidamente.
Susana Belo (Psicologa Social)

segunda-feira, 13 de julho de 2009

Massagem do Bebé e Massagem Pais e Filhos




WORKSHOP
“Massagem do Bebé e Massagem Pais e Filhos”




A massagem dos bebés é uma arte tão antiga como profunda.
Ser levado, embalado, acariciado e massajado constitui para a criança uma fonte vital de nutrição.


Potenciada através do toque, a massagem promove a comunicação entre os pais e o seu bebé, gerando momentos únicos de partilha, felicidade e bem-estar.



Massagem do Bebé (dos o aos 12 meses)
Massagem Pais e Filhos (até aos 12 anos)

Sábado, 18 de Julho às 15:00
Clube do Ser, Rua 1.º de Dezembro, 10-12
S. Pedro de Sintra
Entrada livre sujeita a pré-inscrição
Tel. 964 599 961
geral.cs@clubedoser.com.pt
www.clubedoser.com.pt

domingo, 12 de julho de 2009

Palestra


Aura – Um espelho do Interior



A aura, enquanto fenómeno metafísico, tem vindo a captar a atenção de pessoas das mais diversas áreas, ao longo das últimas décadas: médicos, psicólogos, espiritualistas, cientistas, educadores, pais.
A razão de tanta curiosidade é simples de entender: este é um atributo de todos os seres vivos, tão natural em nós quanto o facto de possuirmos cinco sentidos físicos, cabeça, tronco, braços e pernas.
As pesquisas modernas demonstram que a aura é formada
por sucessivas camadas, as quais se relacionam com cada um dos chakras principais do ser humano. Em cada camada, encontram-se registadas informações sobre a interacção da pessoa com o ambiente que a rodeia, com as suas emoções, saúde física e desenvolvimento espiritual.
Nos seres vivos, a aura é “alimentada” por uma força vital, universalmente conhecida como prana ou chi. Mas este não é um fenómeno específico dos seres vivos. Todos os materiais possuem aura, ou seja, emitem um campo electromagnético especial de acordo com a sua composição.
É possível ver a aura a olho nú, com alguma prática ou até bastante naturalidade, para quem já pratica algum tipo de desenvolvimento pessoal e espiritual (meditação, reiki, etc.). Existem também as fotografias Kirlian, conhecidas por fotografar a aura, ou pelo menos, parte dela.
O estudo da aura humana é uma ferramenta de auto-conhecimento e auto-desenvolvimento muito útil, que nos permite tomar consciência de predisposições, padrões, traumas e potenciais a desenvolver.
Este é um espelho do nosso interior que nos confronta com perguntas acerca do caminho a seguir, mas que também oferece respostas. Tudo o que precisamos de saber está já contido no nosso interior.
Conhecer-se é encontrar as soluções e os passos do seu próprio caminho.



Data: 01 de Agosto (sábado)

Início: 15 horas
Investimento: 10 €
Orientado por: Susana Belo (Psicóloga)

É necessário reservar a sua inscrição


Concerto


Concerto de Som com Taças Tibetanas e Gongos

Uma “viagem” ao mundo das vibrações.

O Concerto de Som com Taças Tibetanas e Gongos é uma terapia que utiliza as vibrações sonoras emitidas pelas ancestrais e lendárias taças tibetanas. O nosso corpo é constituído por cerca de 70% de água. As vibrações harmónicas são transmitidas ao corpo, espalhando-se e produzindo uma reconfortante e verdadeira massagem celular. Induz ao relaxamento profundo, reduz stress e fadiga, liberta tensões, acalma e equilibra o corpo, a mente, as emoções e estimula as funções orgânicas.


Dia 07 de Agosto às 21h00

É necessário reservar a sua presença

sexta-feira, 8 de maio de 2009

TERAPIAS NATURAIS

De acordo com a Organização Mundial da Saúde – OMS, “ “A Medicina Tradicional” é um termo amplamente utilizado para referir-se tanto aos sistemas de Medicina Tradicional, como por exemplo a medicina tradicional chinesa, a ayurveda hindú e a medicina unani árabe, como às diversas formas de medicina indígena.
As terapias da Medicina Tradicional incluem terapias com medicação, à base de ervas, partes de animais e/ou minerais, e terapias sem medicação. Realizam-se principalmente sem o uso de medicação, como no caso da acupunctura, das terapias manuais e das terapias espirituais.
Nos países onde o sistema de saúde dominante se baseia na medicina alopática, ou onde a Medicina Tradicional não foi incorporada no sistema sanitário nacional, a Medicina Tradicional classifica-se como medicina “complementar”, alternativa” ou “não convencional”.”

Em Portugal são consideradas como Terapias Alternativas, e já existem várias associações de classe e escolas devidamente organizadas que regulamentam o exercício da profissão e do profissional. Embora nenhum profissional sério e digno de ser chamado terapeuta coloque o seu cliente na posição de ter que escolher um método ou outro, podem haver casos disto. E se por ventura isto acontecer, descarte imediatamente este profissional e o denuncie na sua entidade de classe. Isto é um favor que o leitor faz não só a si, mas a própria classe de profissionais que têm se movimentado de forma clara e legal para exercer a sua profissão dignamente e de forma correta.

Todos os tipos de terapias são integrativas e poder ser realizadas em simultâneo, inclusive com o acompanhamento de um médico de Medicina Contemporânea/Alopática.
É importante ficar claro para qualquer pessoa que ainda desconheça o uso das Terapias Complementares, que em muitos países o trabalho conjunto já acontece entre as diferentes de formas de tratar uma pessoa, e isto implica numa sinergia de ferramentas com um objetivo comum: curar e ou tratar uma pessoa como um todo.
Cada profissional estudou e se tornou capacitado na sua área, portanto um não inválida o outro, e todos são necessários nas suas especialidades.

Dentro das diferentes formas de tratamentos as mais conhecidas e praticadas em cá enquanto Medicina Tradicional são: Naturopatia, Homeopatia, Osteopatia, Acupunctura, Massagem Ayurvédica, Shiatsu, Tui Na e etc. Na área de terapias espirituais ou energéticas, temos: Reiki, Bioergonomia, Kineciologia, Sacro-craniana, Programação Neurolinguistica (PNL) e Meditação…
O que constitui o ponto de ligação entre as terapias complementares é o fato delas olharem para a pessoa como um todo, holisticamente, e não colocar a doença de forma separada. Ou seja, um sintoma físico existe e deve ser tratado, mas o aspecto emocional, mental e até espiritual também são observados e considerados num tratamento. Pois muitas são as vezes onde a raiz do problema está numa forma equivocada de viver que persistiu por tempo demais e passou a afectar o físico.

Nos últimos anos viu-se um crescimento no número de pessoas a utilizarem os medicamentos naturais, a fazerem tratamentos naturais acompanhados de um profissional ou por curiosidade.
Um profissional quando sugere um determinado produto sabe onde quer chegar com ele no seu cliente, e as possibilidades de crises de cura que este ou aquele produto pode gerar durante o tratamento. Entenda-se por crise de cura, reacções que podem acontecer pelo uso de determinados produtos. E neste caso como também na medicina alopatica a auto-medicação é totalmente desaconselhada.
Um remédio que pode ser bom para o indivíduo A e pode ter um efeito bem adverso no indivíduo B. Por isto numa consulta o terapeuta faz tantas perguntas sobre a maneira de ser do cliente, o que come, como dorme, como foi a sua gestação e nascimento, problemas de infância e não só. Quanto mais soubermos do cliente mais fácil se torna saber as motivações das suas mazelas, doenças, e com isto a escolha do melhor tratamento que pode envolver uma ou mais terapias.
As Terapias Complementares se mantêm ao longo das várias gerações porque são eficazes e pouco onerosas. Mas como tudo na vida é preciso informar-se não só sobre as terapias, mas em especial sobre o terapeuta em questão.
O descrédito por parte de algumas pessoas pode acontecer pela ignorância mas também devido a más experiências anteriores.

Quando for fazer uma consulta, lembre-se de informar-se sobre o terapeuta junto as associações de classe como por exemplo: FENAMAN, APH, SALVA; procure junto as pessoas que são de sua confiança uma indicação de profissional e nunca em momento algum deixe de se consultar ou ser seguido pelo seu médico de família ou especialidade.

Nas próximas edições vamos abordar cada uma das terapias de forma mais profunda para que o leitor possa conhecer melhor a forma de actuar de cada uma e escolher a que melhor encaixa-se na sua forma de ser e estar na vida.
Lembre-se contudo de manter o bom senso em tudo o que lê, vê e ouve.

Jaqueline Reyes N.D.
Naturopata Homeopata

(FENAMAN –Céd. Prof. – 567
ANQ – 2226
)

quinta-feira, 7 de maio de 2009

PSICOLOGIA DO SER...



“É estranho…”


Eis uma das respostas mais frequentes quando após uma avaliação de personalidade pergunto “Como se sentiu?”. “O que achou?”.
De repente quando estava a pensar sobre o que iria partilhar, ocorreu-me este exemplo centrando-me na palavra estranho. É uma palavra engraçada, pensei, relaciona-se com uma emoção, um sentimento que a dado momento não se consegue verbalizar, tem a ver com um certo “caos mental” que nos impede de clarificar e denominar um juízo.
Angústia ao estranho é a reacção comportamental que o bebé por volta dos 8 meses desencadeia perante rostos estranhos (chorando e não querendo estar próximo), mecanismo de defesa e protecção baseado nos referenciais de tranquilização e bem estar que associou aos rostos familiares representativos de satisfação.
Após estas duas constatações cheguei a uma primeira conclusão: “estranho”, pode representar em certa medida uma resposta defensiva, uma protecção que visa afastar conteúdos mentais que nos angustiam. Partindo desta premissa, atrevo-me a dizer que em determinadas fases da nossa vida parece que recorremos ao reportório defensivo dos bebés, mas de uma forma ainda mais restritiva: o problema é que os estranhos somos nós perante o nosso “eu interno”, o âmago da nossa existência emocional. Precisamos de ajuda tal como os bebés para nos conseguirmos regular, orientar e resolver o caos que se instalou.
Perante um choque emocional, “uma fase má”, o momento é mesmo de estranheza, de negação perante a desarticulação mental que experimentamos. Depois vem a palavra (a capacidade de verbalizar o vazio sentido, assim como no bebé quando começa a dizer o “não”), e com este meio surge a possibilidade de dar nome, consistência emocional ao estranho, neutralizando a sua carga de angústia: Então uma nova ordem emocional se estrutura lentamente……no final estaremos com certeza mais fortes.

“Enfim em certos momentos todos nos sentimos estranhos…”.
Até uma próxima…


Cláudia Duarte (Psicóloga Clínica)

sábado, 25 de abril de 2009

Faith of the the Heart - Rod Swtewart

video
"...Tenho fé. Tenho fé. Tenho fé no coração. Tem sido uma longa noite., tem sido uma longa estrada... Tentando encontrar o meu ser através da escuridão. Vou onde o meu coração me levar. Tenho fé para acreditar. Posso fazer qualquer coisa.

Tenho fé na alma. E ninguém me vai atrapalhar.

Posso alcançar qualquer estrela...."

sexta-feira, 17 de abril de 2009

AO SER TUDO É POSSíVEL COM OSHO



Todos os seres que iniciam o caminho de volta à sua essência original (iluminação interior) depois de tantos caminhos percorridos e perdas com grande sofrimento...um dia percebem que afinal já estão no caminho...


"Na vida, a coisa mais difícil de compreender é o comportamento de um iluminado.As pessoas têm seus próprios valores e olham tudo com base neles. Um iluminado está numa dimensão totalmente diferente: vive sem valores, sem critérios, sem moralidade; vive simplesmente sem o ego. Um iluminado simplesmente vive. Ele não manipula sua vida; é como uma nuvem branca flutuando. Não tem para onde ir, nada para alcançar. Para ele, nada é bom ou mau. Não conhece nenhum Deus, nenhum demónio. Conhece apenas a beleza que é a vida na sua totalidade.Até mesmo um deus é feio porque é apenas uma parte, não um todo. Um demônio também é feio porque também é uma parte, e não o todo. Deus não está vivo; o demónio também está morto porque a vida existe como um ritmo entre os dois - o bom e o mau, Deus e o demónio. A vida existe entre esses dois polos. Não pode existir em apenas uma polaridade. Eles são as duas margens no meio das quais o rio da vida flui. Um iluminado sabe disso. Nunca está a favor nem contra algo. Responde a cada momento sem qualquer julgamento. Eis por que é difícil compreendê-lo. Um iluminado sempre tem alguma semelhança com um louco. Portanto, a primeira coisa a ser compreendida é: não avalie um iluminado com base nos seus próprios valores. Isso é muito difícil - mas o que mais você pode fazer?" Osho, em "Nem Água, Nem Lua


O Clube do Ser envia-lhe todo o Amor Universal para continuar o seu caminho, todos uns dias um pouco mais iluminado...ou louco...o rótulo pouca importa.

SEJA AQUILO QUE REALMENTE É....E AME-SE

quarta-feira, 15 de abril de 2009

Midge_Ure_-_Breathe

video

AO SER QUE RESPIRA TUDO É POSSÍVEL

PROJECTO OMEGA




Viagem sonora para introspecção e relaxamento


Projecto de exploração de melodias meditativas e horizontes musicais, que pretende oferecer aos ouvintes uma viagem de expansão interior. Composto por Rui Martins e Cláudia Duarte, a sonoridade ganha forma através de instrumentos milenares, que permitem a criação de uma ponte para um mundo de natureza cósmica sonora ainda pouco explorada.
Cada viagem é uma oportunidade de ir ao encontro com o seu EU interior.


Instrumentos indianos usados: Sitar (citara Indiana), Harmonium (instrumento indiano usado nos Mantras), Sruti box (instrumento indiano usado nos Mantras), Guzheng (Arpa chinesa),Paus de chuva, taças tibetanas, espanta espíritos, harmónicos de voz, vibrafones entre outros.
Os participantes podem desfrutar da sessão, deitados confortavelmente.



Cada sessão dura aproximadamente uma hora.



Contribuição: 15 Euros



Marcações:

Clube do Ser

Contacto: 964 599 961
geral.cs@clubedoser.com.pt


Rua 1º Dezembro, 10/12
2710 São Pedro de Sintra





segunda-feira, 6 de abril de 2009

Meditação Ser


No interior de cada Ser reside a Luz e aquela Paz perante a qual já não se procuram respostas, pois já não há necessidade de colocar questões.

Para aceder a este Centro há que parar, aquietar a mente, e simplesmente, deixarmo-nos Existir, Respirar ... Ser.

Permitirmo-nos o privilégio de escutar o nosso fecundo silêncio interior, a partir do qual tudo se pode gerar.

Tudo o que é Precioso é Simples, e para o obtermos, devemos despojar-nos das distracções que nos afastam do nosso Centro.


O Clube do Ser propõe-lhe um encontro com o seu Ser.


Todos os domingos às 17h00
Contribuição 5 Euros

quinta-feira, 2 de abril de 2009

Ser


Um espaço para Ser... e Estar... Um tempo para descobrirmos quem somos... Um tempo para ter tempo para a mudança